Páginas

domingo, 6 de maio de 2018

Dezoito ervas que curam




O uso das ervas para fins medicinais (prática atualmente conhecida como fitoterapia), tem sua histórica mesclada com as origens da sociedade. Muitos são os benefícios que a correta aplicação das ervas pode trazer ao nosso corpo e mente, sendo capaz de tratar variadas mazelas como a indigestão, úlceras, psoríase e insônia. Veremos aqui 18 ervas que podem curar.

1. Gengibre

O gengibre é um dos remédios naturais mais poderosos que existem. Pode ser utilizado para proteger o estômago contra úlceras ou mesmo na prevenção de náuseas e enjoos. Pode também aliviar a dor, pois é um analgésico natural.

2. Erva-de-São-João

A erva-de-são-joão é utilizada há muito tempo para tratar depressão com muita eficácia. Também traz efeitos benéficos no tratamento de dores nervais e ansiedade. O uso desta erva em comunhão com outros medicamentos é desaconselhado, dada à força de interação da erva no organismo.

3. Camomila

O chá de camomila é amplamente conhecido por ser capaz de acalmar. Além disso, pode aliviar os sintomas de insônia e trazer benefícios ao sistema nervoso.

4. Arnica


A arnica é utilizada pela medicina homeopática há muito tempo. É capaz de aliviar traumas físicos, apaziguando a dor. Normalmente, a arnica é aplicada através de pomada sobre o local que se deseja impulsionar a cura.

5. Alho

O alho é um antisséptico natural. Fortalece o sistema imunológico e é capaz de prevenir gripes e resfriados. Tem papel fundamental na prevenção de diversos tipos de câncer, como o de estômago. É aconselhado ao menos dois dentes de alho por dia no preparo das refeições. Veja aqui receitas de chá de alho.

6. Ginkgo


O ginkgo biloba tem origem na China e é amplamente conhecido no Brasil. Graças aos glicosídeos aos e flavonoides em geral que estão presentes em sua composição, o ginko melhora a circulação e também o fluxo sanguíneo. Além disso, comprovadamente pode ajudar a melhorar a memória.

7. Echinacea


Um tipo de margarida roxa que pode melhorar a qualidade do sistema imunológico do corpo. Além disso, pode ser utilizada para tratar úlceras, gripes, amigdalite e também herpes zoster, cujo surgimento é recorrente quando a imunidade está baixa.

8. Aloe vera


Além de ser capaz de aliviar queimaduras na pele, a aloe vera é uma excelente planta antibacteriana e antifúngica. Pode ser utilizada como antisséptico bucal para prevenir problemas relacionados a mazelas dentárias.

9. Ylang ylang

Além de ser popularmente conhecido por ajudar a tratar problemas relacionados à impotência sexual nos homens, o ylang ylang possui propriedades capazes de evitar palpitações e hiperventilação no organismo.

10. Hortelã


Encontradas aos montes em quase todo quintal de casa, as folhas de hortelã são capazes de aliviar cólicas, indigestão e dor menstrual. Seu chá é feito de forma simples, bastando ferver uma xícara de água com um punhado de folhas de hortelã bem lavadas.

11. Lavanda


A lavanda pode trazer benefícios físicos e mentais. Seu extrato ou pomada pode ser aplicado diretamente sobre queimaduras, feridas, picadas e mordidas. Além disso, se sua essência for aplicada na fronha e no travesseiro a noite de sono será tranquila.

12. Árvore-do-chá

Natural da Austrália, a árvore-do-chá tem propriedades antissépticas poderosíssimas. Seu creme ou extrato pode ser aplicado para limpar ferimentos e machucados. Além disso, suas propriedades antivirais e antibacterianas garantem proteção contra parasitas.

13. Yam Mexicano

O Yam Mexicano pode ser encontrado no Brasil como “inhame selvagem” ou mesmo “inhame mexicano”. É um poderoso medicamento natural para aliviar dores da menopausa, diminuindo as dores sentidas nesse período.

14. Flores de calêndula


As flores de calêndula são utilizadas para tratar problemas dos olhos e pele. Também é capaz de reduzir a dor de varizes no corpo. Seu chá é facilmente preparado com a infusão da flor e serve especialmente para aliviar dores menstruais, além dos benefícios citados acima.

15. Hamamélis

Hamamélis é fruto da extração da casca de uma árvore nativa americana. Pode ser utilizada para tratamentos tópicos relacionados a pele, como espinhas, contusões e hemorroidas. Aplica-se normalmente através de compilado, creme ou pomada.

16. Olíbano

Encontrada especialmente na África do Norte, a extração da resina da árvore de incenso, olíbano, é capaz de aliviar a tensão e ansiedade, além de possuir propriedades antienvelhecimento. Pode também tratar feridas e úlceras.

17. Matricária

A matricária é capaz de aliviar dores de cabeça e enxaqueca. Pode também reduzir dores menstruais e de artrite. Como seu efeito é muito poderoso, recomenda-se que não seja utilizada por gestantes.

18. Óleo de Prímula


O óleo de prímula pode reduzir a rigidez muscular graças às altas quantidades de ácidos graxos em sua composição, como o ômega 6. É recomendado também para melhorar os níveis de concentração.

Ervas medicinais e recomendações gerais

É importante procurar a orientação de um médico ou profissional de saúde antes de optar por iniciar tratamento com uma erva ou outra. Somente o médico poderá confirmar se o uso de determinadas ervas é permitido para o seu organismo.


Fonte: www.greenme.com.br

sábado, 21 de abril de 2018

Gota no oceano



                      Uma gota no oceano eu sou,
                      com os mesmos vícios , com as mesmas virtudes.
                      Algumas a mais, algumas a menos
                      Respiro do mesmo ar, que todos vão respirar
                      Por mais que eu queira mudar,
                      uma gota eu serei

                      Uma parte de um todo,
                      sonhando com um mundo novo
                      Anônimo sou do povo
                      Sujeito ás mesmas leis
                      O mesmo Deus que me fez,
                      fez tudo de que preciso
                      Do céu me veio um aviso,
                      que manda eu me contentar

                      Querer minhas leis mudar,
                      é nadar contra a corrente,
                      é achar que a própria mente,
                      é a dona da situação.
                      É querer sabedoria,
                      sem aos sábios escutar
                      É levar o próprio corpo,
                      pra onde o corpo mandar

                      Somos todos tão crianças,
                      esperando pra crescer 
                      Com paixões pra conter,
                      e erros pra cometer
                      A verdade encoberta,
                      deixa sempre a porta aberta
                      Sou a gota do oceano,
                      que tentou fazer seu plano.

                                                                                           
        Essa foi resgatada do fundo, mas do fundo do meu baú mesmo.  
                                     

sábado, 14 de abril de 2018

ONG Chicote Nunca Mais








A ONG CHICOTE NUNCA MAIS é uma entidade sem fins lucrativos e sem vínculo com órgãos públicos.
Foi fundada em 2008 e é formada por pessoas tecnicamente habilitadas e integrantes com extensa trajetória em frentes de libertação animal. No santuário, que fica na região metropolitana de Porto Alegre/RS, abriga dezenas de equinos sob sua tutela, sem nenhum recurso público. Estes animais, após serem recuperados, são encaminhados para fiéis depositários: pessoas que se comprometem a seguir o protocolo de cuidados da ONG e poderão ficar com a guarda do cavalo por tempo indeterminado.
A Chicote Nunca Mais tem o objetivo de acabar com a invisibilidade secular dos cavalos de tração.
No cavalo as dores e sofrimentos são banalizados pelo fato de ser um animal de grande porte. Mas tamanho não é sinônimo de resistência. Cavalos são chicoteados nas ruas, nos hipódromos, nas domas, nos esportes e essa perversidade é aceita e até esperada. Há um inconsciente coletivo de que cavalo não sente dor.
Ninguém contesta! Ninguém defende!
Cavalos são animais muito sensíveis: se uma mosca pousar em qualquer parte do seu corpo ele treme a musculatura para espantá-la.
Ele obedece a seu sórdido condutor e segue em frente até cair extenuado ou morrer. Estranhamente, neste momento que ele é visto, surge sempre uma força tarefa para recolocá-lo novamente em pé e prosseguir na cruel jornada.

O Poder Executivo que se beneficia com o trabalho gratuito destes animais no recolhimento dos materiais recicláveis, é o mesmo que tem a atribuição de protegê-los. Nessa atividade - paga pelo contribuinte no imposto do lixo -, os animais perdem a saúde com longas jornadas diárias, carregando cargas acima de sua capacidade, com o nariz junto dos escapes dos carros, consequentemente aspirando dióxido de carbono, etc. Os cavalos não recebem absolutamente nada, na maioria das vezes nem alimentação. Quando caem por doença e exaustão, ficam ali jogados como se não tivessem auxiliado os gestores públicos. Afinal não fará diferença, no outro dia terá outro cavalo fazendo o mesmo trabalho gratuitamente.
Conheça o site da Chicote Nunca Mais.



Fonte: sitiodobem.com.br